IMG_8777Os participantes do projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar, dos municípios de Apiaí e Itaoca (SP) se preparam para o encerramento do projeto, dando andamento às ações,  participaram do penúltimo encontro formativo, realizado nos dias 28 e 29 de outubro. Antes desse encontro, os articuladores do projeto se reuniram no dia 23 para discutir sobre os documentos construídos ao longo dos dois anos.

No dia 28 de outubro, 25 profissionais das áreas educação, saúde e assistência social dos dois municípios, receberam uma formação sobre leitura e contação de histórias com a palestrante Edi Fonseca. No 7º seminário, puderam aprofundar o debate sobre a importância dos planejamentos de leitura. Como prática, os 25 participantes construíram cenários para contar histórias. “Para mim, tem sido muito útil participar de cada temática do projeto, pois consigo aplicar com as famílias e se aproximar deles”, conta a coordenadora do Centro de Referência em Ação Social (CRAS) de Itaoca, Maraluce Lima.

No dia 29, foi realizada uma formação sobre brinquedotecas, e ainda, foram realizadas visitas às unidades, feita pela equipe do Centro Marista de Defesa da Infância, com o objetivo de conhecer os espaços criados pelos multiplicadores para a atividade proposta de EaD (realizada no último seminário, promovendo a pesquisa e estímulo à implantação de novos projetos pelos participantes).

A coordenadora Lucileide Dias Paiva conta que as brinquedotecas foram realizadas com os esforços coletivos e que a arrecadação de brinquedos aproximou os pais, “temos buscado novas práticas e isso tem aproximado os familiares tanto da escola quanto das crianças”, conta. Na formação ainda, os participantes construíram módulos para serem utilizados como brinquedotecas itinerantes, podendo ser transportadas de local, para isso, utilizaram caixotes de madeiras.

O próximo seminário será realizado em dezembro e encerrará as atividades formativas do projeto. O palestrante convidado será teólogo Gandhy Piorski Aires, que falará sobre a temática “Crianças e natureza”, e para o seminário aberto, que será realizado no último dia, o músico e pesquisador Nélio Spréa abordará a temática “Brinquedos cantados”.