O Centro Marista de Defesa da Infância, da Rede Marista de Solidariedade, em parceria com o Instituto InterCement, encerra neste mês de julho as atividades do projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar, em Santana do Paraíso (MG).

O evento de encerramento acontecerá no dia 6 de julho no Teatro da Escola Municipal José Dias Bicalho, com a participação das secretarias e instituições envolvidas, além de 80 profissionais da área de educação, cultura e assistência social, que atuam diretamente com crianças de 0 a 5 anos. Neste dia, haverá a entrega do relatório de percurso formativo e a última formação sobre o Direito ao Brincar com a contadora de histórias, Susana Diniz, que resgatará o histórico e as vivências do projeto.

Ao longo dos 24 meses do projeto, 62 profissionais participaram das formações. A gestora do Centro Marista de Defesa da Infância, Bárbara Pimpão, revela que o grupo confeccionou cerca de 2350 brinquedos ao longo dos dois anos nos seminários formativos. Os educadores das 8 escolas de educação infantil e das 5 escolas de ensino fundamental participantes contribuíram com a reformulação dos 13 Projetos Políticos Pedagógicos das escolas onde atuam, contemplando o brincar nesses documentos e incluindo práticas brincantes nas atividades do calendário municipal da secretaria de educação, bem como formações para os profissionais atuantes com as infâncias.

“Ao incluir práticas brincantes nas atividades do calendário municipal da secretaria de educação, bem como formações para os profissionais atuantes com as infâncias, o projeto Brincadiquê proporcionou a realização de oficinas de multiplicação com as famílias e comunidade, mostrando a importância do cuidado e diálogo com a criança”, enfatiza a gestora.

Mesmo com o encerramento do projeto, o município dará continuidade nas atividades lúdicas e formações com profissionais, comunidade e familiares relacionadas ao direito ao brincar e a promoção de brincadeiras entre adultos e crianças. Os articuladores do projeto elaboraram documentos de continuidade das ações e estratégias de sensibilização da comunidade e envolvimento de outros agentes do Sistema de Garantia de Direitos na discussão sobre os direitos da criança com foco no brincar. Uma dessas ações foi o I Fórum Brincadiquê realizado no último sábado (2), ocasião em que foram discutidas estratégias e ações a serem realizadas ao longo do ano no município.

“Trabalhar com educação implica em não ficar parado, o professor tem que ter novos incentivos. O Projeto é maravilhoso e só é o início de uma nova caminhada em que os professores foram capacitados, orientados e sensibilizados para dar sequência nas atividades com os alunos e sobre a importância de ensinar e aprender brincando”, declara a Secretária de Educação Municipal de Santana do Paraíso, Maria Lenice de Oliveira Sá.